A tecnologia está matando a infância?

Vejo muitas postagens – algumas em tons apocalípticos – que o  uso de smartphones/tablets pelos Padawans está matando a infância. Porém depois que a Academia Americana de Pediatria (AAP) alterou a ressalva que crianças abaixo de dois anos não devem usar aparelhos eletrônicos (via), o uso desses aparelhos eletrônicos começaram a ser vistos com outros olhos.

É normal os pais reclamarem que os filhos estão sempre grudados em uma tela mesmo estando em um parque e a tecnologia está matando a infância. Segundo o especialista Chris Martin (via), as crianças misturam com frequência as atividades offline e online. O que as pessoas precisam fazer é examinar este entrelaçamento e desenvolver uma perspectiva não polarizada e obter um equilíbrio entre o digital e o analógico ao invés de encarar esses dois pontos como opostos.

É isso Pequenos Gafanhotos! Em todas as pesquisas, estudos e opiniões sobre o assunto o equilíbrio aparece em todos. O que os pais precisam é oferecem opções interessantes para os filhos e filhas e equilibrar o mundo online do offline.

Aqui em casa meus filhos, de 7 anos e outra de quaaaaase 2 anos, se auto-regulam e a razão disso é que a Fá e eu oferecemos outras opções para entretenimento. Deixamos livros, brinquedos educativos ou não, revistas espalhados pela casa. Onde você olha, tem algo. Quando a Youngling, 2 anos, fica assistindo a Galinha os as pragas nas Nursuries Songs e vê um brinquedo no chão, ela larga tudo e vai lá brincar.

O Padawan, como é mais velho, vejo essa união do offline com o online com mais frequência. Ele curte desenhar e assisti vários canais sobre isso. Aí ele pega o tablet, papel e lápis, coloca no canal e começa a seguir as instruções de como desenhar um personagem, por exemplo. Porém da mesma forma que a irmã, ele larga tudo quando falamos que tem gente jogando bola na quadra ou nadando.

Percebe que tecnologia não está matando a infância?

Então pais e mães, vou bater nessa tecla por milhares e milhares de vezes: Vamos proporcionar o equilíbrio entre o mundo offline e online. Vamos procurar apps educativos e divertidos, bem como levá-los em parques e clubes. Vamos jogar com eles um videogame como também futebol. Assim teremos a certeza que estamos caminhando nossos Padawans para um desenvolvimento pleno e divertido.

Imagens via Arquivo Pessoal e https://www.shutterstock.com/