Opinião Archives - Página 30 de 39 Nerd Pai

Categoria “Opinião”

11/05/12

Escolinha, frustração e a dor da perda

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião, Padawan

O Padawan foi para a escolinha desde cedo e por mais que gostamos dela, achamos uma coisa ruim: ele tem uma vida “secreta” que não é compartilhada 100% conosco. Muitas vezes ele chega em casa cantando ou fazendo algo novo e a Fá e eu pensamos – “Deve ter aprendido na escolinha“. Nós olhamos um para o outro, um pouco frustrados, que não somos nós que iremos ensinar tudo. Sim, eu sei, devemos criar nossos Padawans para o mundo. Mas que é um pouco frustrante, é.

Escolinha, frustração e a dor da perda
Eu ensinando o Padawan a segurar no lápis

Outra coisa que reparei sobre a escolhinha. Sábado passado a escola fez uma homenagem para as mães no Parque Vila Lobos. Foi lindo! Padawan dançou e cantou a música que o Tio Beto ensinou e, como presente para os Dia das Mães, ele e a Fá plantaram em um vaso uma mudinha de manjericão. Foi lindo.

Escolinha, frustração e a dor da perda

 

E tivemos a oportunidade de conhecer os amiguinhos do Padawan. Ele tem mais de 10 e sabe o nome de todos! Mas o Bruninho e a Catarina são os melhores amigos dele. Os três ficaram juntos, correndo e rindo, o tempo todo.

Escolinha, frustração e a dor da perda
Os três juntos

A escolinha dá essa oportunidade de criar amigos. Mas são pequenos demais para manter essa amizade. No dia que ele mudar de escolinha tenho certeza que ele irá ficar muito chateado com isso! Vai ser praticamente a primeira dor de perda que ele irá sentir. E eu, como pai coruja, já fico aqui sofrendo antecipadamente com isso 🙁

08/05/12

Gamefication – Esse é o futuro dos videogames

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião, Video Game

No dia 02 de maio fui ao Rio, por convite da Del Valle Kapo, para ver uma apresentação do que é Gamefication. E  posso dizer que fiquei muito empolgado com o que eu vi e, com certeza, o futuro do videogame está garantido.

A conversa foi com o  Israel Mendes, sócio-diretor da Aquiris, empresa especializada em game experience, que já trabalhou com clientes como Globo, Gillette e Unilever. De uma forma simples e direta ele explicou como podemos usar o videogame para desenvolver as habilidades, não só culturais, mas de relacionamento com o seu Padawan!

Gamefication - Esse é o futuro dos videogames Israel Mendes

Os videogames  preparam a matriz cognitiva e psicomotoras das crianças e, ao experimentar uma realidade na tela da TV ou do computador, ela aprende, que por tentativa e erro, chegam a seu objetivo. Com isso os Padawans que cresceram jogando videogame acabam tendo um pensamento mais lógico e ágil. Claro, pais e mães, quando digo cresceram jogando, quero dizer, com controle e tal! Nada de deixar o Padawan jogando o dia todo, pois aí acaba sendo prejudicial.

Com a evolução dos consoles, os jogos ficaram mais refinados e proporcionam o aprendizado tangencial! Esse é o grande salto dos videogames! O aprendizado tangencial é quando, por exemplo, seu Padawan joga Assassin’s Creed, um jogo que se passa na Terceira Cruzada , Renascença e na Revolução Americana, e fica interessado em conhecer mais sobre esse momento da história! Ele sai do videogame e vai estudar, no computador ou nos livros, sobre Leonardo DaVinci, Templários, Feudos etc. Isso é o videogame fazendo os Padawans a terem interesse em matérias que sempre são odiadas pela molecada no colégio! Essa é a grande revolução que logo logo estará presente nas escolas.

O aprendizado tangencial também esta no Rock Bands e Guitar Heroe! O Padawan é apresentado aos Beatles Rock Band, canta e toca, cantando as músicas, e depois sai pesquisando e conhecendo mais a obra dos Quatros de Liverpool. Ou seja, Jovens Padawans, é ilimitadas as possibilidades.

Gamefication - Esse é o futuro dos videogames

Por isso, e outras coisas, que defendo o videogame para os Padawans. Seus filhos irão crescer exercitando o cérebro de várias maneiras! E com essa grande evolução do videogame, as escolas irão usar jogos para ensinar! E unir diversão com os estudos é a chave do sucesso, não acham?

Observação:

A Kapo lançou com um jogo online:  O Segredo dos Vales Mágicos de Del Valle Kapo. Achei fantástica a idéia, pois nesse jogo a integração pais e filhos tem de ser completa para completar o jogo! Em fases específicas, os pais tem de jogar, aproximando assim do mundo do filhos.

delvallekapo_foto_blogueiros

03/05/12

Picky Eater – Não é uma coisa boa, acredite

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Alimentação, Opinião

Fui convidado pelo Abbott Nutricion, braço da Abbott Brasil, indústria farmacêutica que esta presente no Brasil desde 1937, a ir no 4º Encontro Internacional sobre Dificuldades Alimentares, que ocorreu no Rio de Janeiro no dia 30 de abril de 2012.

Tive a oportunidade de conversar com o Dr. Mauro Fisberg, pediatra e professor da Unifesp sobre um transtorno que ocorre, mais que imaginamos, com os pequenos Padawans: o Picky Eater.

Picky Eater - Não é uma coisa boa, acredite - Mauro Fisberg
Dr. Mauro Fisberg

Picky Eater é um termo usado para crianças seletivas que costumam rejeitar certos alimentos. Sabe aquela mania que eles tem em não querer comer e choram, gospem e em alguns casos começam a ter ânsia quando algum alimento novo é introduzido e acabam comendo sempre a mesma coisa e na maioria das vezes, nada saudável, por desespero e/ou preguiça dos pais? Isso são sinais do Picky Eater.

Ou seja, o Picky Eater se alimentar mal! Isso acaba tendo conseqüências pela vida toda. Lembre-se, não estamos falando de desnutrição! O que foi explicado é que crianças que tem tudo do bom e do melhor acabam sofrendo de falta de vitaminas (ferro, zinco e cálcio, que podem acarretar problemas de anemia, retardo no desenvolvimento de peso e altura, dificuldades de cicatrização e fraturas, afetar o desenvolvimento cognitivo e a defesa do organismo contra doenças infecciosas. E tem mais: chances de apresentar sobrepeso) essenciais para o seu desenvolvimento pois os pais acham que é uma fase e não consideram isso grave. “Isso é fase, logo logo ele larga de comer só nuggets e batata frita e come outras coisas“, dizem os pais que tem Picky Eater em casa e não sabem.

Qual então a solução para que os nossos Padawan se alimentem corretamente? É entender a causa disso tudo!

Mauro Fisberg PICKY EATER
Blogueiros que participaram do encontro

Tudo começa pois temos um instinto de sobrevivência. Quando algo novo é apresentando, é normal e saudável termos MEDO daquilo! Isso se chama neofobia. E é algo bom, pois sem a neofobia com certeza nenhum animal iria existir na terra. Mas como devemos agir para que nossos Padawans não tenha medo no novo, do brócolis, do espinafre e de qualquer outra coisa verde que esta ali, no prato, pronto para pular e pegar no pescoço dele? Mostrar para ele que aquilo é “amigo” e dar o exemplo. Ofereça novos alimentos SEMPRE. Coloque no prato e não force ele a comer. Deixe ele ver que a coisaverdehorrível esta ali, quieta. Mas coloque no SEU prato também e, o mais importante, COMA! O pequeno Padawan vai ver que a mesma coisaverdehorrível esta no seu prato e você come, interage com ela. O próximo passo é ele perder o medo e começar a comer.

Simples, não? Nem tanto. O Dr. Mauro Fisberg disse que esse processo é demorado. Pode levar de 10/15 inserções de novos alimentos para que eles comecem a comer. E aí o ponto que sempre digo: os pais precisam ter paciência e não ter preguiça! Claro, eu sei, que a frustração, a angustia, a cobrança familiar é enorme! Mas é fundamental que a paciência ganhe disso tudo, pois ela é a chave para que o seu Padawan se alimente bem e corretamente. E por isso é proposto, para TODA A FAMÍLIA, Seis Passos Para Fazer Seu Filho Comer Bem:

  1. Gerencie os horários das refeições – A rotina é necessária em qualquer casa. Sempre se alimente em horários determinados! Nada de o pai jantar por último ou cada um em um canto.
  2. Aprenda a entender os sinais de fome do seu filho – E quando você perceber que ele esta com fome, não dê doces ou salgadinhos! Prefira uma fruta, e dose pequena.
  3. Escolha alimentos saudáveis – Entenda, os Padawans tem o direito a preferências e aversões. Respeite isso! Se ela não come banana de maneira nenhuma, depois de várias tentativas, encare que ela não gosta de banana! Descubra o que ela mais gosta e invista nesses alimentos. E, sempre, ao introduzir algo novo, vá retirando suas preferências, para que ela descubra o novo.
  4. Crie a “Família à Mesa” – Sempre que possível sentem juntos à mesa. SEM BRIGAS E DISCUSSÕES. Isso é importante para os Padawans perderem o medo dos alimentos e comecem a seguir os exemplos dos pais! Deixem eles bagunçarem, brincarem com a comida, se sujarem! Incentive a autoalimentação, com a mão mesmo! Claro, tudo isso dependendo da idade! Não vai colocar um marmanjo querendo brincar com a comida, né! Bom senso people! E, NUNCA NUNCA NUNCA faça suas alimentações assistindo TV, mexendo no iPad ou lendo um livro! Isso cria distração é a chance do seu Padawan não se alimentar direito beira os 100%.
  5. Aprenda o seu estilo de alimentação – Muitas vezes seu Padawam come pouco. É o estilo dele. Não tente fazer ele comer um prato ENORME pois ele não será capaz e a ansiedade tomara conta dele e de você! Faça pratos com quantidades pequenas! Deixe ele pedir mais, pois assim você vai entender o seu estilo! E, nunca, fique bravo ou dê recompensas, como bater palmas e tal, se ele comer ou deixar de comer! Isso é prejudicial para a criança! Mantenha sempre uma atitude NEUTRA. Até mesmo aqueles aviãozinhos devem ser evitados. Como disse o Dr. Mauro Fisberg, no começo, são aviãozinhos, depois naves espaciais. Legal, sim eu sei, mas não pode :(.
  6. Ofereça novos alimentos constantemente – Deixe ele perder o medo da nova comida! Tenha paciência, pois esse medo é saudável. Como já disse, coloque no prato dele o espinafre e deixe lá. Tente dar, não aceitou, não force. Repita isso até ele perder o medo.

PORÇOES AO DIA RECOMENDADO COM A FAIXA ETARIA PIRAMIDE ALIMENTAR

Dedicação, paciência e, principalmente, a necessidade de fazer o bem para os nossos Padawans tem de vir acima de tudo e de todos. E uma alimentação saudável é a chave para isso tudo. Uma péssima alimentação vai apenas acalmar os pais: “Pelo menos ele esta comendo algo“. Mas olhem o que pode acontecer:

  • Fica doente mais freqüente;
  • Fica disperso e não consegue se concentrar;
  • Cansa mais rapidamente
  • Cai a performance escolar

Sério, vocês não querem isso, querem? Então comecem a mudar a rotina de suas casas! Sentem a mesa e jantem, pelo menos! Seu Padawan é pequeno? Coloque ele na mesa mesmo assim para ver vocês jantando e conversando (não discutam, ein!). Quebrem esse círculo vicioso:

Picky Eater - Não é uma coisa boa, acredite - Mauro Fisberg

Comecem a apresentar novos alimentos para que ele possa perder o medo! Só assim teremos uma nova geração sadia, não só fisicamente, como mentalmente, pois a auto-estima afeta diretamente qualquer ser humano.

Observação: A Abbott Nutricion criou, junto com uma bancada de médicos, o IMFed for Children (Identification and management of feeding difficulties). Uma ferramenta que ajuda os pediatras a identificarem e gerenciarem os problemas alimentares das crianças. Ela esta sendo usada no Brasil por vários pediatras e esta tendo resultados excelentes.

24/04/12

A vida sem papel

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Faz muito tempo que não uso papel para quase nada! Minha mesa não tem gavetas, justamente para não amontoar papéis (olhe a sua agora e veja a quantidade de papel e tranqueiras). Já fiz 03 posts sobre como não usar mais papel ( parte 1, parte 2 e parte 3) e todo dia alguém me manda um tuíte ou mensagem pelo Facebook agradecendo as dicas. Mas queria testar em um lugar que usa tecnologia de ponta e é considerado um dos sistemas mais modernos do mundo: o banco.



A vida sem papel citibank boleto pagamento
E lá vamos pagar a conta sem boleto

Coloquei os dois boletos dentro do Evernote e fui ao banco. Estava vazio e me chamaram rapidamente. Ao chegar no caixa falei que não tinha os boletos impressos, apenas o código de barras no celular. A atendente, educada, falou:

“Desculpe, não posso processar o pagamento sem ter o boleto impresso!”

Argumentei que não era preciso, pois o sistema bancário precisa apenas do código de barras! Ela retrucou que precisava do boleto físico para enviar para a compensação. Aí tentei, mais uma vez, argumentar, falando que o pagamento via Web usa justamente esse código e não preciso enviar nada para a compensação. E como resposta tive: “Desculpe Senhor, sem boleto, NO SOUP FOR YOU!

A vida sem papel citibank boleto pagamento
E a atendente ainda pega OUTRO papel para fazer anotações sobre o pagameno

 

Fui até a gerente e tive a mesma posição. Pedi então para eu enviar o boleto para ela, via email, para que seja impresso. Ela concordou, sem problemas. Conversando com ela disse que precisavam aceitar apenas o código pois facilitaria a vida de todos. Em nenhum momento disse que era para salvar o planeta ou por economia de papel. E ela soltou a pérola:

“Mas são só duas folhinhas, não é imprimindo que o Sr irá gastar mais dinheiro com isso e nem vamos salvar o mundo, igual as sacolinhas de plástico“.  

 

Respirei fundo, olhei para ela, e perguntei: “Sra, por favor, onde posso tomar um café aqui na agência?” . Ela me mostrou a máquina e fui. Nada adiantava argumentar com ela a facilidade que é não usar mais papel e tal. Preferi tomar um café.

Vou continuar a não usar papel. Infelizmente algumas empresas ainda tem esse hábito burocrático de usar papel para tudo! Comprovantes PRECISAM ser impressos para que possam provar sua autenticidade e boletos PRECISAM ir para a compensação. O que os bancos PRECISAM, e qualquer outra empresa pública ou privada, é ajudar os clientes e facilitar as suas vidas! Já pagamos taxas e taxas e o que temos de retorno é uma prestação de serviço medíocre. Mas vamos caminhando, fazendo a nossa parte, e, quem sabe, o Padawan viva em um mundo sem papel e sem burocracia.

23/04/12

Ben 10 é o @edutestosterona ?

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Estava na casa da minha sogra no sábado junto com o Padawan. Como íamos para um casamento à noite, ficamos lá enquanto a Fá ia ao cabelereiro.

Ligamos a TV e estava passando Ben 10 Alien Force. Fui na cozinha pegar suco para o Padawan e escuto:

Sabe, você com um popozão desse deve sobrar pouco sangue para o seu cérebro.

Ben 10

Ben 10 é o @edutestosterona

Voltei pensando: “Ué, mudaram o canal? O @edutestosterona tem algum programa agora?” . E qual foi meu espanto que era o Ben 10 que falou aquilo para uma amiga dele!

Piadas sexistas sempre existiram e não vão acabar. Mas um desenho para crianças ter esse tipo de diálogo é muito para mim. Hoje criticam muito os desenhos da minha época: Pica-pau, Pernalonga, Papa-Léguas por causa da violência, falta de ética e tal! Mas não lembro ter, em nenhum deles, piadas sexistas como essa!

Ben 10 cortado aqui em casa. A Fá concordou. Prefiro 1000x ele assistindo Pica-Pau do que desenhos com piadas desse tipo!

Deixando claro: tenho bom humor e não acho que esse tipo de piada diminui a mulher. Mas é uma piada para adultos, não para crianças.

O que você acha?

17/04/12

ϟ Funchicórea Proibida

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

A pediatra do Padawan sempre nos disse isso sobre a Funchicorea:

O efeito analgésico que a Funchicórea prometia nunca foi clinicamente comprovado. O que talvez fizesse com que os bebês se acalmassem com o medicamento era o gosto extremamente doce da sacarina.

Funchicórea Proibida

Para quem não sabe, a Funchicorea é um pó que muitos pais e mães usam para acalmar e/ou aliviar as cólicas de seus Padawans. Ele era feito de extrato de chicória, ruibarbo, essência de funcho (erva-doce) e sacarina, um adoçante artificial. Colocam o pó na chupeta e tacam na boca dos pequenos.

Bem, como decisão nunca usamos com o nosso Padawan e éramos contra o uso da Funchicorea. Colocar na “dieta”  sacarina não pode ser bom. E comprovado agora que não era.

Fonte: Revista Pais e Filhos
O Raio ( ? ) no começo do texto é para identificar os posts Jogo Rápido, onde o texto tem mais de 140 caracteres e menos que 150 palavras.

11/04/12

Anencefalia – E o Brasil continua hipócrita e tricotando

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Hoje o STF vota a possibilidade da interrupção da gravidez de anencefalos. O relator, Marco Aurélio Mello, votou à favor e deu o seguinte argumento:

“O anencéfalo jamais se tornará uma pessoa. Em síntese, não se cuida de vida em potencial, mas de morte segura. Anencefalia é incompatível com a vida”

 

Concordo com ele. 100% das crianças que nascem anencéfalas morrem em menos de uma ano. Imagine o sofrimento de uma mãe e de um pai de conviver UM ANO com essa criança sabendo que ela vai morrer. E, NÃO, a criança NÃO tem consciência de nada pois uma parte do seu cérebro não foi formada. Se a criança tivesse consciência e pudesse ser curada, nunca iríamos estar discutindo isso.

Anencefalia
Feto anencéfalo - Via Wikipédia

A anencefalia é diagnosticada por um exame simples de ultra-sonografia no terceiro mês de gestação. Ou seja, raros os casos de engano. Agora, me respondam, é comum vocês verem pessoas com bebês anencefálos? Você conhece alguém que teve um? Sabe o porque? O aborto em nosso país é “legalizado” faz muito tempo! Famílias ao descobrirem que seus bebês tem essa doença acabam praticando abortos que, em muitos os casos, deixam lesões sérias nas mães, pois não são assistidas por profissionais.

O que o STF esta votando não é a interrupção da gravidez de um bebê anencefalo apenas, e sim a vida de centenas de mães que abortam com agulhas de tricô por esse Brasil afora!

Então vamos parar com a hipocrisia e começar a tratar as mães, que acima de tudo são mulheres, com respeito e  dar a chance delas terem a sua saúde, física e mental,  preservada.

04/04/12

Push e multitarefa, o fim da produtividade – Casulo 1991

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas, Opinião

Lembro quando entrei na faculdade, em 1991, e fazia meus trabalhos em um 486 com tela verde. Usava o MS-Word, da Microsoft, para fazer trabalhos. Usava somente um programa de cada vez. Se quisesse usar uma planilha, por exemplo, tinha de salvar o texto e sair do MS-Word. Ou seja, NO MULTITAREFA FOR YOU!

A maioria das pessoas hoje trabalham olhando uma tela: dos Smartphones, Tablets, Desktops ou Notebooks. E com as potências dos processadores e das memórias, tudo tem multitarefa! Posso usar o Pages, aplicativo de texto para o Mac, juntamente com o browser, email, Skype, MSN, calendários e até o Windows virtualizado. A multitarefa otimiza o tempo, pois não precisamos fechar/salvar/abrir toda hora que precisamos de um aplicativo. Mas será que economiza mesmo o tempo? E o push, te ajuda em que? Minha opinião é que não ajuda e você acaba gastando mais tempo.

Push e multitarefa, o fim da produtividade - Casulo 1991
Minha tela quando escrevia esse post

Para escrever esse texto tive de parar várias vezes pois o Skype pulava, recebia emails, twitter apitava ou clientes me ligavam no celular. E em muitos casos tudo ao mesmo tempo. Acabei fazendo várias coisas paralelas, desconcentrando, em muitas vezes, da tarefa inicial que era escrever esse texto. Podem ter certeza, se eu me focasse apenas em escrever o texto teria finalizado muito mais rápido.

A questão é que não priorizamos as nossas tarefas! Tudo é importante ao mesmo tempo! Isso causa ansiedade, stress e você fica muito mais propenso em errar e tendo de refazer as coisas!

(acabei de receber um tweet do Morroida sobre o vídeo da corrida do Kart que fizemos. Perdi a linha de raciocínio)

Bem, voltando, o push e a multitarefa fazem com que você pare o que esta fazendo e faça outra coisa. E tchau o foco. Eu já pratico, de manhã, entre as 09:00 e 10:30, o que chamo Casulo 1991. Desligo o celular e só deixo o aplicativo de email aberto. Se para responder um email tenho a necessidade de abrir um aplicativo, como o Browser, abro e faço o que tenho de fazer e fecho em seguida. Como eu fazia em 1991 com o meu 486. Isso faz com que a minha produtividade seja absurda! Em uma hora e meia faço mais que quatro horas com tudo ligado.

Tente fazer isso em uma hora do dia. Foque apenas em algo. Certeza que seu dia será mais produtivo. E, acredite, você não tem a necessidade de responder na hora que recebe um email. Então, desligue o push e seja feliz.

04/04/12

Como é fácil julgar – Batman pego pela polícia dirigindo uma Lamborghini

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Como é fácil julgar - Batman pego pela polícia dirigindo uma Lamborghini

A chamada da reportagem é: Luta contra o Crime ou Criminoso?.  Uma pessoa fantasiada de Batman foi parada pela polícia pois estava dirigindo sem colocar umas placas de registro em seu Batmóvel, que nessa caso era uma Lamborghini. 

Como é fácil julgar - Batman pego pela polícia dirigindo uma Lamborghini - Lenny B. Robinson

Que absurdo! Esses ricos sem coração acham que estão acima da lei! Só porque tem dinheiro podem fazer o que quiser?”

Acredite, muitas pessoas pensaram assim. É fácil julgar um desabafo, um fato ou uma foto isoladamente. Esquecem que TUDO tem o antes, o presente e o depois. E julgam pois a maioria tem uma vida miserável, não financeiramente, que fique claro, mas de espírito, e necessitam colocar suas frustrações em algo ou em alguém.

Lenny B. Robinson, o Batman, é um cara rico sim. Mas ele se veste de Batman e usa sua Lamborghini, desde 2001, para visitar hospitais infantis e levar um pouco de alegria para as crianças doentes.

Como é fácil julgar - Batman pego pela polícia dirigindo uma Lamborghini Lenny B. Robinson

Ou seja, ele saiu do seu confortável sofá e esta fazendo algo. E tem mais! Por ano ele gasta mais de U$ 25.000,00 em livros, brinquedos e roupas para dar de presente para essas crianças.

Parabéns para o Lenny B. Robinson! É esse tipo de gente que faz o mundo melhor! Acredito, sim, que os bons são a maioria. E espero que você, sentando aí, lendo esse post, que ao invés de julgar e ir junto com o efeito manada, pesquise e tente saber o antes e depois das coisas, pois assim você ganhar uma ótima oportunidade de ficar quieto e aprende que fazer o bem é muito fácil, mesmo você não sendo o Batman.

Como é fácil julgar - Batman pego pela polícia dirigindo uma Lamborghini - Lenny B. Robinson
Parabéns Lenny B. Robinson - Você faz a diferença

Vi no Portal do Macho

 

20/03/12

Gravidez precoce não é um conto de fadas

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

O site português Ajuda de Mãe dedica-se a ajudar mães jovens e solteiras a enfrentar uma gravidez precoce. A missão da Ajuda de Mãe é:

  • Informa, encaminha e acolhe grávidas; 
  • Informa na área da gravidez, sexualidade e planeamento familiar;
  • Forma as mães para a concretização de uma maternidade plena, que contribua para um desenvolvimento saudável dos seus filhos;
  • Promove a qualificação escolar das mães, de modo a que adquiram pelo menos a escolaridade obrigatória;
  • Promove a reinserção social e profissional das mães, tornando possível e mais qualificada a sua entrada no mercado de trabalho e a sua reinserção na sociedade;
  • Apoia a família.

Triste saber que na maioria desses casos, os pais desaparecem. Para que responsabilidade, né? Tanto os homens como as mulheres precisam usar alguma proteção para prevenção da gravidez, pois filhos precisam de planejamento e estrutura para que possam se desenvolver.

E o Ajuda de Mãe lança uma nova campanha: Gravidez precoce não é um conto de fadas. Simples e direto.

Gravidez precoce não é um conto de fadas

Usem camisinha. Usem pílula anticoncepcional. Consulte SEMPRE seu médico. O futuro esta sendo criado agora e não façam parte de estatísticas.