Eu sou um dos poucos blogueiros que não fica irritado com os comentários em posts. Olha, eu até gosto, e muito, da interação que os leitores tem comigo. A maioria sempre é educada, debatem o texto e não aparece nenhum  hater. Quando o post é mais polêmico sempre aparece uma turma mais histérica e tal. Aí dou block e modero os comentários para não precisar ver essa pessoa novamente online.

Porém tem UM tipo de comentaristas que me dá vontade em ser um Sith! Tenho vontade de enforcar o lazarento apenas olhando para o seu avatar, pois o infeliz não tem a capacidade de ler o post, apenas o título, e já ir metralhando nos comentários a sua linda opinião. E o nome desse tipo infeliz de comentaristas é “Geração Só a Cabecinha“.(Esse termo foi criado pela Bia Granja).

Fiz um post semana passada com o título: Professor tira o celular de um aluno e os pais o processam. PARABÉNS AOS PAIS!! Perceba que eu coloquei o Parabéns aos Pais em caps lock e com duas exclamações. Ou seja, enfatizei para mostrar um certo sarcasmo. Claro, muitas pessoas até podem ter lido e achado que eu estava concordado com os pais. Porém ao ler o post veria qual era a minha posição.

E então aparece um comentarista “Geração Só a Cabecinha” no post:

Geração só a cabecinha

O queridão aí leu apenas o título e fez esse lindo comentário. Eu acho absurdamente triste essa Geração Só a Cabecinha! E ainda são covardes! Respondi o seu comentário perguntando se ele tinha lido o post e tal. Porém ao invés de pedir desculpas, o que o queridão fez? Apagou o comentário. Típico covarde e sem educação.

Esse tipo de comentarista não terá mais chances no blog. Apareceu um que não teve a capacidade de ler o post (isso porquê os posts nem são enormes) será banido e nunca mais poderá comentar.

Não sei se vou acabar com a Geração Só a Cabecinha, mas pretendo eliminar essa praga aqui no blog.