Quando a Fá vai para o pilates (02 vezes por semana), o Padawan não a deixa sair antes que ele fale: “Mamãe, eu te amo. Se ela sai e ele não disse isso, pronto, o moleque se transforma no Hulk.

Acho lindinho isso. Porém percebi que ele fala Eu te Amo para TODOS os seus conhecidos e, alguns, nem tão conhecidos assim. É no telefone com a avó, ao vivo com a madrinha, para o motoboy que passa na rua e até para o cocô. Sério mesmo, ele sai da privada, dá tchau e fala te amo cocô.

O risco de banalizar o Eu Te Amo
Eu te amo pompom! VEJA-NO-INSTAGRAM

Conversei com a Fá sobre isso é creio que ao ensiná-lo ao falar Eu Te Amo acabamos banalizando essa frase. Ele fala isso pois sabe que é bonitinho e todos acham lindo! Mas começo a acreditar que ele não entende ainda o significado dessa frase e fala apenas para fazer graça…

Mestres Jedis, já passaram por isso com os seus Padawans? O que fizeram para que o Eu Te Amo não fique banalizado?

Tenho a péssima mania de postar sem revisar o texto. Se houver algum erro neste post, selecione-o e pressione Shift + Enter ou Clique aqui para me informar. Obrigado!