Pais recebem elogios e mães julgamentos. Até quando?

A Fá precisava trabalhar no domingo e decidi sair com a nossa filha mais nova, de 2 anos, para ir ao mercado e aproveitei e dei pequena volta no parque que tem aqui perto de casa. Ficamos quase duas horas fora e foi suficiente para que a Fá terminasse o que tinha para fazer.

No mercado ela estava toda prestativa! Pegou o cesto de compras e saiu procurando as uvas. Ela estava fofa demais e era inevitável os comentários das pessoas que lá estavam: Nossa, que amorzinho! Como ela é lindinha! Olha só, tão independente. Quem é pai ou mãe sabe que nessas horas quase explodimos de orgulho 🙂

Na fila do açougue do supermercado, duas pessoas me elogiaram por estar cuidado da minha filha. Em ambos os casos, foram mulheres. No parque ocorreu uma vez. Ao voltar para casa fiquei pensando nisso. Não vejo ninguém elogiando mães quando estão no mercado ou no parque. E olha que vou sempre e todas as vezes tem crianças com mães ou pais por lá. Nessa hora lembrei de um quadrinho que tinha salvo um tempo atrás e percebi que isso é uma constante.

Chaunie Brusie fez uma sequência de quadrinhos que a Babble postou onde mostra 5 situações onde pais e mães estão fazendo a mesma coisa e recebem comentários distintos. Confira:

O que eu acho de tudo isso: A culpa são dos pais. Infelizmente tivemos várias gerações onde a responsabilidade de cuidar dos filhos era das mães.  A sociedade era moldada para que o homem trabalhasse fora e a mulher cuidasse da casa. Ser pai de vez em quando é bonitinho e meramente opcional, mas ser a mãe perfeita em tempo integral é mais que obrigatório.

Bem, hoje as coisas estão mudando. A divisão das tarefas domésticas está bem clara e os pais estão mais participativos. E o mais bacana disso tudo é que todos tem a ganhar, principalmente os filhos.

Acredito que os meus netos terão um cenário diferente, onde o pai cuidando dos filhos não cause estranheza. Bem, é isso que espero…