Pantera Negra – GUIA PARENTAL

Pantera Negra é sensacional! A trilha sonora, as cenas de lutas, os diálogos, os efeitos especiais e, claro, o enredo te deixa com aquele sorriso no rosto o tempo inteiro. Ao sair do cinema, dá aquela vontade de conhecer Wakanda, o reino fictício na África onde vive o T’Challa (Pantera Negra).

Pantera Negra é o filme mais sério e politizado da Marvel. Não espere piadas e nem mesmo humor, como ocorreu em todos os últimos filmes do estúdio. Mas não encare isso como defeito! Pelo contrário, é por causa disso que torna Pantera Negra único e arrisco em falar que foi um laboratório para a Marvel mensurar sobre filmes mais sérios de super-heróis.

Bem, como esse post aqui não é uma resenha, vamos para o Guia Parental de Pantera Negra, que não e recomendado para menores de 14 anos. Lembrando que meu Guia Parental é uma forma para que você possa esperar do filme e pontuo de 1 a 10 os seguintes critérios:

Sexo e Nudez – 1/10

Tem uma breve cena de um homem e uma mulher se beijando e também homens sem camisas durante um ritual. Conotação sexual: 0%

Violência – 8/10

Há batalhas com espadas, lanças, armas, facadas e combate corpo-a-corpo. Um personagem quebra o braço de outro, a garganta de uma pessoa é cortada (a cena não é tão pesada), uma outra é esfaqueada no peito e outra no abdomem. Tem cenas de empalamento, decaptação e durante uma grande briga, corpos são mostrados ao chão.

A violência na Pantera Negra é mais intensa e realista do que outros filmes de Marvel, onde tem a presença de sangue durante os combates. Existem cenas de violência gratuita.

Palavrões – 1/10

Mer*a, pin*o e inferno são falados algumas vezes. Mas desde quando essas palavras são palavrões? E tem uma cena onde mostra o dedo do meio.

Álcool/Drogas/Cigarro – 0/10

Nada, nadinha!

OPINIÃO DO NERD PAI

Se o seu Padawan tem mais de 7 anos, dá para ir. Mesmo sendo um dos filmes mais violentos da Marvel, não podemos compara-lo com Deadpool e nem mesmo com o Logan. Importante sempre contextualizar as cenas, explicar a razão das lutas e frisar bem que são os bandidos e os mocinhos.