Precisamos falar sobre as férias

As férias estão a 1000 por aqui. Meus Padawans estão curtindo piscina, amigos, viagens, desenhos, games, Lego. Ambos vão dormir lá pelas 22h e acordam depois das 10h. Uma farra que dá gosto de ver! Porém estou com um certo incomodo com isso tudo: A falta da rotina.

Ok, eu sei que as férias são feitas para que a rotina seja destruída. Mas será que aos fazermos totalmente isso podemos estar desconstruído algo que levamos anos para construir?

Aqui em casa, fora das férias, todos vão para a cama às 20h30 (muitas vezes até nós 🙂 ). Consequentemente, acabam acordando mais cedo e isso criou uma rotina, um hábito. Agora tudo está bagunçado e, olha, estamos apenas no começo das férias. Meu receio é que quando voltar às aulas, algo se perca. Sonolência, mal humor, explosões de raiva, falta de sono à noite e por aí vai.

Todos sabem que crianças com ciclos de sono desajustados causam problemas. A Universidade de Queensland, na Austrália, acompanhou os hábitos de sono de cerca de 2.900 crianças de 0 a 5 anos e, depois, de 2 anos voltaram a analisa-las. A conclusão desse estudo apontou que aquelas que não tiveram uma rotina estabelecida de sono apresentavam riscos mais significativos de desenvolver problemas relacionados a déficit de atenção e a dificuldades de aprendizado na escola. (via)

Ok, é qual seria a solução para evitarmos tudo isso? Estipular rotinas mesmo nas férias.

Claro que essa rotina será um pouco mais maleável e vai se endurecendo ao aproximar se do começo das aulas. Hoje eles vão dormir às 22h e vamos começar a colocá-los às 21h30. Semana que vem às 21h e assim por diante. Assim a rotina volta gradualmente e os colocamos nos eixos.

Começamos a fazer isso já no dia 02 de Janeiro. Foi um luta, mas conseguimos. E vamos ser fortes e manteremos essa rotina gradual até à volta das aulas no final de Janeiro.

E você, tem alguma dica? Compartilhe nos comentários.

Imagem via https://www.shutterstock.com