dicas Archives - Página 4 de 4 Nerd Pai

Posts com a tag “dicas”

20/10/11

O grande desafio de todo Padawan

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas

Enfrentar o ginásio? Estudar para a prova de física? Lutar contra um Sith? Nada disso. Um dos piores desafios que um Padawan pode ser é: colocar corretamente o cadarço no tênis!

Lembro que quando eu era um pequeno Padawan, minha mãe lavava meus tênis, tirava os cadarços e EU tinha que colocar novamente. E, claro, posso dizer que era IMPOSSÍVEL colocar corretamente. Sempre ficava um lado mais curto que o outro ou ficava uma bagunça tão grade, que nem dava para amarrar.

Para evitar esse sofrimento do meu Padawan, fiz um pequeno manual com 36 maneiras de passar o cadarço pelo tênis:

como colocar cadarçocomo colocar cadarçocomo colocar cadarço[via]

29/07/11

E seu Padawan, dorme assim ?

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas

Quando o Padawan ia nascer, tomamos a decisão que ele não iria dormir em nosso quarto! Principalmente em NOSSA cama!

Desde que nasceu ele dorme no quarto dele, no bercinho dele! Mas sei que muitos pais não fazem isso e sofrem toda noite! (cc @Castrezana )

E para esses pais, segue o nome das posições que os Padawans fazem EM SUA CAMA ao dormir:

Versão: Não estou falando com vocês!

nao estou falando com voces

Versão: Donkey Kong

Donkey Kong

Versão: Anjo de Neve

Anjo de Neve

Versão: Jazz Hands

jazz Hands

Versão: Vida de Cão

Vida de cão

via

19/07/11

Por que crianças gritam ?

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas, Opinião

Criança grita. Eu sei. O Padawan já começou a gritar por qualquer coisa. Isso porque ele nem começou a falar ainda.

Sempre tem uma razão para esses gritos! E os pais precisam saber lidar, pois é apenas uma fase! E a responsabilidade dessa fase passar rápida, ou não, é somente sua.

E, acredite, NÃO ignore os gritos do seu Padawan:

CALVIN BERRO

Segue algumas dicas para controlar os gritos dos seus Padawans:

Gritar com seu filho para que ele abaixe a voz não ajuda: Você irá passar a mensagem de que quem ganha é quem grita mais alto.
Saia com seu filho quando ele estiver nas melhores condições possíveis. Sempre que der, antes de carregá-lo para algum lugar, certifique-se de que seu filho está descansado, de barriga cheia e bexiga vazia quando saírem de casa. Pense em como você fica (sem energia e sem paciência) quando tem de ir ao supermercado com fome ou cansado.

Escolha lojas e restaurantes barulhentos. Quando estiver com seu filho, evite lugares quietos, formais ou que inspirem intimidade. Vá para onde as famílias vão. Será menos constrangedor se seu filho resolver gritar em um restaurante que já é barulhento.

Peça para seu filho usar uma voz normal. Se seu filho começar a gritar porque está feliz, procure não criticá-lo. Mas se isso estiver incomodando de verdade, peça para ele usar uma voz normal e parar de gritar. Abaixe sua voz para que ele tenha de ficar quieto para conseguir escutar você, e diga — calmamente — que a gritaria está dando dor de cabeça.

Invente brincadeiras. Experimente dizer para o seu filho: “Vamos gritar o mais alto que a gente conseguir”, e junte-se a ele na gritaria. Em seguida, abaixe o volume e diga: “Agora vamos ver quem consegue falar mais baixinho”. Continue brincando, sugerindo outros movimentos, como colocar as mãos nas orelhas ou pular.

Isso fará com que gritar pareça apenas mais uma brincadeira. Para agilizar (na rua, por exemplo), você pode dizer: “Nossa, você está parecendo um leão! Agora vamos ver se você consegue imitar um gatinho”.

Preste atenção nos sentimentos da criança. Se seu filho está gritando porque quer a sua atenção, pense e reflita se ele realmente está desconfortável ou precisando de algo. Se você achar que o lugar onde vocês estão — como um supermercado grande e lotado — é demais para ele, saia assim que der e da próxima vez procure fazer compras em lojas menores, ou em horários em que os supermercados estejam menos cheios. Aos poucos, faça-o se acostumar com lugares grandes e lotados de novo.

Se você achar que a criança está apenas um pouco entediada ou mal-humorada, não a ignore. Diga que você sabe que ela quer ir para casa, mas peça para ela esperar só mais um pouquinho. Ela saberá que você sabe como ela se sente. E você também vai ajudá-la a aprender como explicar o que está sentindo com palavras.

Agora, se seu filho grita porque acha que assim vai conseguir o biscoito, não dê o braço a torcer. Se der o biscoito, você só vai ensinar que ele consegue o que quer gritando. Em vez disso, explique, com calma, que você sabe que ele quer o doce, mas que é preciso terminar outras coisas primeiro, e que ele pode comer quando chegarem em casa.

Não se preocupe em dizer que ele só poderá comer o biscoito mais tarde se se comportar bem agora — quando ele finalmente ganhar a bolacha, provavelmente nem se lembrará do que fez para merecê-lo.

Mantenha seu filho ocupado. Você pode transformar seus compromissos em algo divertido para seu filho. Experimente:

– Brincar de um jogo: uma mãe de um bebê de 1 ano e 3 meses conta que conversa bastante com o filho. “Explico o que estou fazendo, o que está acontecendo à nossa volta, quem está por perto. Ele fica quieto quando está ocupado”. Peça para seu filho ajudar a pegar os objetos das prateleiras do mercado, ou invente uma música sobre o que você está fazendo. Cante: “As bananas, as bananas, vou comprar, vou comprar, para o meu filhinho, para o meu filhinho, devorar, devorar…”. Use a criatividade e invente na hora!

– Ofereça brinquedos e lanchinhos: mas faça isso antes que seu filho comece a berrar. Se você esperar até ele começar a gritar, ele vai ligar uma coisa à outra e achar que tem que levantar a voz para ganhar algo. Você pode experimentar deixar um brinquedo de que ele realmente gosta no carro, para que ele fique bastante entretido enquanto vocês estão na rua, tratando dos compromissos.

Ignore as pessoas ao redor. Muitas mães acham difícil lidar com a criança que fica gritando enquanto outras pessoas ficam lançando olhares tortos. Se você estiver numa igreja ou em um restaurante silencioso, o melhor é levar a criança para fora por um tempo, até ela parar. Mas, num supermercado grande, não é preciso se preocupar tanto com o que os outros vão dizer ou pensar.

Fonte: Baby Center

15/07/11

Segurança da Informação – Espero que sua senha não esteja aqui

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas, Opinião

Prefiro mil vezes perder a carteira do que o computador/iPhone/iPad. Toda minha vida estão neles: cópia do RG, CPF, dados bancários, minhas contas, todas minhas fotos digitais (desde 2002, fora as que digitalizei), planilhas de gastos, contas bancárias e os dados dos cartões de crédito.

Claro que tenho “camadas” de segurança. Programas dentro do computador/iPhone/iPad que usam criptografia avançada para garantir que esses dados fiquem protegidos. Ou seja, se meu computador for extraviado, tem uma senha. Se a pessoa quebrar essa senha, tem ainda de quebrar uma senha de 18 caracteres (que inclui letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos) para chegar nas minhas informações mais importantes. E essa mesma camada tenho no iPhone/iPad. Segurança da Informação é uma das coisas mais importantes hoje em dia.

Ok, estou seguro. Mas é aí que mora o perigo para a maioria das pessoas! AS SENHAS. 

As pessoas criam senhas para serem lembradas! Datas especiais, combinação de nomes e o famoso 12345. Veja abaixo as senhas mais usadas:

Senhas-mais-comuns-usadas-na-internet

Ok, sua senha não está aqui? Parabéns! Mas será que ela é segura? Sabia que uma senha de 04 números pode ser quebrada, em um computador normal, em 0,00004 segundos? E de 06 números em 0,004? Ficou com medo, né?

DICAS

Uma senha segura dever ter, no mínimo, 8 caracteres envolvendo letras, números, caracteres especiais e, se possível, alguns caracteres em maiúsculo.

Exemplo de senha segura: $90Tiow*98#. Essa senha levaria 53 MIL anos para ser quebrada.

No entanto uma senha como esta pode se tornar impossível de lembrar, mas é possível criar uma senha segura e forte usando a criatividade. Você pode, por exemplo, juntar alguns caracteres especiais, números e letras baseados em gostos pessoais ou associações de palavras.

Ex.: Nerd2010lindãO$ – Tempo para quebrar: 24 quatrilhões de anos!

Bem, amigo e amiga, se sua senha for fraca, está na hora de muda-lá! O mundo da internet é seguro, sim! É mais fácil seu talão de cheques ser extraviado pelos correios do que alguém roubar seus dados. Mas não vamos dar bobeira! Reveja suas senhas!

E entre nesse site para você testar a força de sua senha: HOW SECURITY IS MY PASSWORD?

A minha é bem fraca:

segurança na internet nerdpaiE a sua senha, quanto tempo para ser quebrada? Coloque nos comentários!

24/06/11

Diário de Viagem – 23/06/2011

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas, Padawan

Viajar com criança é uma aventura. Demoramos mais tempo arrumando a mala do Padawan do que a minha e da Fá, juntas. E, claro, esquecemos várias coisas.


400Km de carro. Viagem tranqüila! Padawan ajudou muito! Foi quietinho a viagem toda. Quando acordava, ficava “falando”.

Dicas para futuros pais de 1ª viagem, literalmente:


– Roupas leves: esquentou ou esfriou quase todos os carros hoje tem ar condicionado;

– Leve um potinho de papinha Nestlé e frutas, como banana ou maça;

– Músicas ou filmes infantis ajuda a domar os Padawans mais rebeldes! E diverta-se com ele: cante junto! A viagem irá até mais rápido.

Postado usando o BlogPress pelo iPhone