Site icon Nerd Pai

Consumismo infantil e má alimentação – Educação é a solução

Assistimos televisão em casa. Mas hoje me preocupo com a carga publicitária que pode afetar os pequenos Padawans! Principalmente as propagandas de alimentos que apóiam o consumismo infantil.

Uma pesquisa realizada pela Datafolha, encomendada pelo Instituto Alana, mostrou que 79% dos pais entrevistados estão preocupados com a publicidade de alimentos não saudáveis e o consumismo infantil. E 78% afirmam ainda que os pequenos Padawans pedem as comidas que veem nos anúncios.

Sozinhos, os pais não vão conseguir dar conta de toda esta problemática. É necessario que haja intervenção do poder público e também da sociedade“, defende Isabella Henrique, coordenadora do Projeto Criança e Consumo.

Uma vez mais o Estado querendo intervir na forma que os pais devem educar seus filhos. Lembra muito o caso da Lei das Palmadas: vamos proibir e punir os pais que batem nas crianças. Mas a solução não é tão simples assim.

Nosso País tem contrastes fortes. Temos uma parcela da população que o IDH se compara ao dos países de 1º mundo. E do outro lado, da mesma moeda, IDH de alguns países da África. Para esses, o Estado precisa intervir proibindo toda e qualquer propaganda, por exemplo, do Mc Donald’s, nos programas infantis. Maravilha, problema resolvido! Mas esquecem que esse “lado da moeda” não tem condições financeiras de comer no Mc Donald’s. E agora, pequeno Padawan?

Bato na mesma tecla: o que faz uma população evoluir é a educação. Não adianta proibir propagandas de alimentos não saudáveis, ou qualquer outra, sem que a pessoa tenha uma educação básica, de qualidade, para discernir o que faz bem ou mal.  Os pais são responsáveis por essa educação. Precisa, acima de tudo, educar os pais! Eles são os exemplos dos filhos! E neles que os moleques vão se espelhar. Um pai que NUNCA come uma fruta fará um filho que nunca comerá uma fruta. Uma mãe que adora Mc Donald’s fará que o filho/filha goste, e muito, do Mc Donald’s. E os 78% dos pais da pesquisa afirmando que os filhos pedem as comidas que veem nos anúncios? Será que esses pais também não fazem o mesmo? Tenho certeza que sim.

Cansei de ver em restaurantes pais e mães colocando sal na comida dos filhos sem experimentar a comida antes! E outras, pelo Twitter, falando que fazem papinha dos filhos com Caldo Knorr porque a mãe dela faziam assim também. Ora, a educação alimentar esta sendo formada agora! Pais, por favor, vamos oferecer comida saudável para os filhos! Se você esta lendo isso você TEVE educação o suficiente para saber o que faz bem ou mal para seu filho(a)! Depois não se queixem do Estado intervindo na educação deles!

Precisamos de educação de qualidade. Para toda a população e para todas as classes. O que eu defendo: que tal o Governo começar a fazer propagandas de maçã, pêra, banana, alface, tomate, arroz e de  feijão, ao invés de mostrar pontes e estradas sendo construídas? Pois a mesma propaganda que pode fazer mal, pode fazer o bem. Basta vontade. Consumismo infantil não vai acabar. Mas podemos diminuir dando exemplos e educando nossos filhos e filhas. Tanto os pais como o Estado.

Sair da versão mobile