Site icon Nerd Pai

Tirem fotos e mais fotos nas apresentações escolares

Tem um post rodando pelo WhatsApp de uma suposta conversa de uma mãe com seu filho, onde discutem o uso de smartphones.

Na conversa, o filho questiona se a mãe já se tinha colocado no lugar das crianças nas apresentações escolares e se já tinha pensado o que elas enxergam quando fazem a apresentação.

Confusa, a mãe pediu para ele desenvolver a conversa, pois ela ainda não tinha entendido. Seu filho então fala:

As crianças veem um monte de celulares apontados para elas. É isso que elas enxergam.

Hoje, em qualquer evento, sacamos nossos smartphones e tiramos fotos e gravamos de tudo um pouco.

Está certo isso, gente? Será que não estamos desperdiçando uma oportunidade de criarmos memórias afetivas? Será que as telas estão roubando esses momentos familiar?

Bem, não é para tanto.

Eu casando em Junho de 1983

Minha mãe, para onde vai, leva um álbum de fotografias. Confesso que antes isso me incomodava, pois sempre passava vergonha. Tinha fotos minha casando na quadrilha, na competição de judô, na apresentação do teatro na escolinha e por aí vai.

Lembro do meu pai tirando fotos com uma máquina fotográfica com um flash descartável (tentei achar uma foto na internet, mas não consegui) e, graças a ele, temos memórias congeladas do tempo. Minha mãe consegue vivenciar seu passado.

Quem foi campeão em judô em 1982?

A Letícia Sallorenzo fez um post em seu perfil e acrescentou algo valioso nessa conversa:

Ain, tem que curtir o momento, é o mais importante“. Tá. E os filhos, não terão o direito de reviverem esse momento quando forem mais velhos? Não terão o direito da foto das professoras do pré-escolar, dos coleguinhas pequenininhos?

Agora te faço uma pergunta: quando você vê uma foto dos seus Padawans de uns 3, 4, 6 anos atrás pipocando nas memórias do Facebook, o que você sente? Imagina agora daqui uns 10, 15, 20 anos você mostrando essas fotos para eles?

Pois é.

Sempre defendo em minhas redes que a chave para tudo é o equilíbrio. Vá na festa do seus Padawans e tirem fotos, gravem o evento. Mas também abaixe o smartphone e veja os olhinhos deles cantando mais desafinados do que uma gaita de fole furada.

Aproveitem o tempo com seus filhos e filhas e registrem esses momentos com sabedoria. Pode ter certeza que o seu eu futuro irá agradecer.

Imagem mãe tirando foto: https://www.shutterstock.com

Sair da versão mobile