A Fá e eu fizemos o curso para gestantes. Muitas informações importantes são passadas nesses cursos e recomendo para todos os pais e mães. Só não surtei quando a bolsa da Fá estourou no meio da madrugada de domingo, pois sabia como agir nessas horas.

Porém esqueceram de mencionar algo muito importante, principalmente para os pais, que é a dor do parto. Sim, eu sei e todos sabem que dói muito e tal. Mas o que não falaram é que os pais NUNCA PERGUNTE SE ESTÁ DOENDO!

Dor do parto - Se quiser viver, não pergunte
Adivinhe se não era nessa hora que eu perguntava se estava doendo?

A Fá toda monitorada e as contrações a todo o vapor. O bonitão aqui, todo pimpão, querendo mostrar que estava preocupado, ficava perguntando se estava doendo e, claro, todas as vezes o timing era perfeito. Eu tinha a capacidade de perguntar exatamente na HORA que estava doendo. Como as contrações são espaçadas, o esperto aqui, no pico de uma delas, perguntava:

Está doendo muito? Está tudo bem? Está doendo ainda?

Claro que a Fá começou a me xingar de tudo que é nome e me mandou para aquele lugar. O que mais me assustou nem foi isso, e sim a cara que ela fez. Pequenos Gafanhotos, NUNCA vi a Fá com uma cara de ódio tão grande por causa das minhas perguntas.

Sério, fiquei com medo.

O que eu fiz para ajudar então? Sai e fui tomar um café. Eu estava mais atrapalhando do que ajudando.

Quando o Padawan estava para nascer, ela tomou anestesia e o moleque nasceu em um parto normal.

Dor do parto - Se quiser viver, não pergunte
Agora esta tudo bem 🙂

Minha dica é para os futuros pais: se quiserem viver, não perguntem em hipótese nenhum se está doendo. Dê a mão para a sua esposa e tenha paciência.