Opinião Archives - Página 28 de 41 Nerd Pai

Categoria “Opinião”

21/11/12

E tem países com mais feriados que o Brasil

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Sempre vejo no twitter pessoas reclamando que o Brasil tem muito feriado, não é um país sério por causa disso, a produtividade do país cai com feriados e mais feriados, yada, yada yada….Porém esse pensamento é totalmente errado. Essas pessoas pensam somente em seu pequeno e redondo umbigo.

Feriados movimentam milhões de reais, fazendo com que a economia gire. Hotéis, restaurantes, parques, cinemas e cidades turísticas ficam lotados, fazendo o dinheiro rodar e dando emprego a milhares de pessoas. Sabe aquela tiazinha que vende salgado na praia? Então, ela ama feriado pois é onde ela pode trabalhar mais 🙂

"Ferias na Disney" "Star Wars"
Disney, férias e Star Wars 🙂

A Época Negócios apresentou uma pesquisa mostrando quais são os países que mais feriados tem. Eles contabilizaram o número de férias mais os feriados. E, adivinhe, o Brasil não fica nem entre os 05 com mais dias de folga:

Ranking geral (férias + feriados)
País Dias de folga
Áustria, Malta, 38
Polônia, Bolívia e Grécia 37
Reino Unido, França, Suécia, Venezuela, Espanha 36
Finlândia, Luxemburgo, Portugal, Chipre, Japão, Eslováquia, 35
Dinamarca, Peru, Coreia do Sul, 34
Brasil, Hungria, Croácia, Lituânia, Eslovênia, Colômbia 33

Em terceiro lugar, na frente do Brasil, temos o Reino Unido, França, Suécia, Venezuela e Espanha. Grandes potências (tirando a Venezuela) que tem mais dias de folga que o Brasil. Será então que ter feriado é tão prejudicial assim? (não me venha com o papo que esses países estão em crise por causa disso, ein?)

O que eu quero mostrar é que, como sempre, as pessoas falam mais do que conhecem. E antes de aceitar palavras como verdade, pesquise um pouco mais. Não aceite tudo como uma verdade absoluta. Questione e pare de ser um alienado digital.

31/10/12

Dia do Saci e o Halloween – Esse é o Brasiuuuu

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião, Padawan

Hoje comemoram-se duas datas: O Dia do Saci e o Halloween. O Dia do Saci foi sancionado, por uma lei federal (já começa errado), em 2003. A razão? Para combater o Dia das Bruxas, mais conhecido como Halloween, que é uma tradição cultural (começou certo) celta.

Pelo amor do Beetlejuice, impor um dia, através de leis, para se comemorar nossa cultura? Tudo errado! Isso funcionava no Século III, quando criaram o Natal. Hoje a comemoração precisa ser espontânea para se criar o costume de comemorá-la.

No momento que você cria uma lei para combater uma outra festa que não é brasileira, o que vocês acham que vai ocorrer? Todos irão ignora-lá solenemente.

DIA DO SACI

O Halloween já e uma festa que teve origem em 1795. Seu nome derivou de um termo escocês,  All hallow-even, que significa véspera de Todos os Santos. Para quem não sabe, 01 de novembro comemoramos o Dia de Todos os Santos. E santos podemos entender que são fantasmas também. Ou seja, a Festa dos Mortos.

Agora, forçar que algo seja incluído, sem contexto, em nossa cultura, como o Dia do Saci, é uma das coisas mais ridículas que já vi em toda minha vida. Ok, ok, precisamos e devemos incentivar a nossa cultura, como o Saci, Boitatá, a Cuca e tantos outros. Mas sem leis. Precisa ser espontâneo. Como vamos fazer isso hoje? Não faço a mínima ideia. Apenas sei que não é com uma lei.

Alías, você sabia que no dia 22 de agosto comemoramos o Dia do Folclore? Então…..

A escolinha do Padawan hoje esta toda enfeitada por causa do Halloween. E, claro, todas as crianças estão indo fantasiadas. Acho bacana, pois acaba sendo uma festa à Fantasia. Todos vão se divertir. E tem coisa mais sadia que isso?

Olha aí a fantasia do Padawan 🙂

Dia do Saci e o Halloween
Ele ficou horrível, não? 🙂
31/10/12

O que eu achei sobre a Disney ter comprado a LucasFilm? SPOILERS

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Cinema, Opinião

Nos anos 90 comprei na MGM, um dos parques do Complexo Disney, três Comics Books e um livro do Star Wars. A capa dos comics books estava em letras garrafais episódios VII, VIII e IX. O livro era a versão escrita desses episódios. Comecei a ler somente quando cheguei no Brasil.

O que eu achei sobre a Disney ter comprado a LucasFilm?  SPOILERS
Ao sair de uma atração nesse lugar, tem uma loja. Foi lá que comprei o livro e os comics books

Com a compra da LucasFilm pela Disney ontem, e a promessa de lançarem o episódio VII já em 2015, essas histórias que eu li no século explodiram na minha cabeça. Lembro perfeitamente e digo que é totalmente sombrio essa nova trilogia.

Segue abaixo o resumo da história. ATENÇÃO, PODEM CONTER SPOILERS

O Imperador não morreu. Ele transformou-se um ser sem corpo e continua controlando o Império. Luke, ao descobrir isso, tem seu último contato com Obi-Wan Kenobi e esta maduro como Jedi. Leia casou-se com o Han Solo e esta grávida, de gêmeos.

Para vencer de uma vez por todas o Império, Luke passa para o Lado Negro da Força. Mas tudo é uma farsa. O que ele quer é vencer o Imperador. Porém ele precisa fazer todos acreditarem nisso e um elo se quebra com a Leia e a Rebelião.

Han Solo tem sua vida virada ao avesso. Não só pelo casamento com a Leia e a gravidez, mas porquê a família do Jabba quer a sua cabeça a qualquer preço por ele ser o responsável pela morte do Jabba The Hutt.

No confronto final, o Imperador descobre a farsa de Luke e esta o matando. E quem o salva e destrói uma vez por todas o Imperador são os filhos da Leia. Detalhe: eles ainda estão dentro da barriga dela.

 

Vão usar essa história ou da Trilogia Thrawn, que tem passagens idênticas a essa, mas com um enredo um pouco diferente?

Agora Jovens Padawans, o que eu acho disso tudo? Fantástico. Só pela possibilidade de ver no cinema um episódio novo da Saga Star Wars com o meu Padawan, me fez sair ligando para os meus irmãos e amigos, que amam Star Wars, e contar a novidade. Realmente me emocionei, não só pelo fato de ser fã, mas poder repetir o que o meu pai fez comigo, quando me apresentou essa Saga, com o meu Padawan.

Mickey Jedi - Star Wars e Lucas Film
Sempre desconfiei que ele fosse um Jedi

Tenho medo? Claro! Pode ser a pior trilogia de Star Wars. Tanto porque o eterno Han Solo, interpretado pelo Harrison Ford, não poderá novamente fazer o papel por causa da sua idade. Nem a Leia e o Luke também. Terão de substituir os atores. Isso me preocupa, pois o carisma deles, ou a falta dele pelo ator Mark Hamill, fazem parte da trilogia do meio, que tem ligação total com a próxima trilogia.

Enfim, confio na Disney. Toy Story 2 e 3 já era sob seu comando. Sem contar Os Vingadores, que foi um filme que seguiu muito as raízes originais desse grupo de heróis. O que nos resta agora é esperar e acompanhar a produção do novo episódio para 2015. Até lá pretendo assistir todos os episódios com o Padawan e ter um grande sonho realizado: assistir juntos episódios novos da Saga Star Wars no cinema.

30/10/12

Filhos, os semeadores da discórdia

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Humor, Opinião

Fofinhos, pequenininhos e engraçadinhos. Todas as crianças tem essas três qualidades. Mas por trás daquele rostinho angelical, mora um diabinho que precisa ser controlado.

A Fá estava com o Padawan esses dias no elevador do nosso prédio. Uma mulher entrou, deu um sorriso e apertou o seu andar. O Padawan olhou para a mulher, que ainda estava rindo para ele, e perguntou para a Fá:

Mulher feia, mamãe? Essa é a mulher feia?

A Fá não sabia se desmaiava, saia correndo, pedia desculpas ou dava uma bronca nele. A mulher, muito educada, começou a rir e levou na brincadeira. Mas o pior de tudo: a mulher era realmente feia, segundo a Fá. Certeza que essa mulher entrou em casa, abraçou o travesseiro, ficou em posição fetal e começou a chorar 🙁

Uma coisa que percebi quando estou no Shopping com o Padawan é que sempre um casal, namorado ou já casados, chegam no Padawan e falam como ele é fofinho, pequenininho e engraçadinho. Claro, quem chega SEMPRE é a mulher. O homem sempre fica uns dois passos atrás, olhando e concordando com a namorada/esposa, mas sem se aproximar muito. Justamente por causa disso comecei a analisar o homens nessas situações e cheguei na seguinte conclusão: MEDO.

O casal esta ali, sem filhos, curtindo o namoro ou casamento sem muitas responsabilidades. Querendo ou não a mulherada nasceu pronta para ser mãe (biologicamente falando). Homem não nasceu para ser pai. Ele se torna pai durante todo o processo da gestação, nascimento e crescimento do seu Padawan. Quando ele se encontra em uma situação que sua parceira esta toda melosa com uma crianca fofinha, pequenininha e engraçadinha, toca um alarme nele e inconscientemente ele fica com medo e  um pensamento vem à tona: Não quero ter filhos agora. Por que ela esta toda carinhosa com esse pirralho ranhento? Será que ela quer ter um filho. SERÁ QUE ELA ESTA GRÁVIDA?!??! E, acreditem ou não, já escutei casais discutindo por causa disso depois de encontrar o Padawan.

Maaaaaaaaas que tal começarmos a nos divertimos com isso! Ora, já sou pai! Um pouco de diversão não é pecado, não é? E o melhor é que podemos nos divertir juntos com os nossos Padawans. Como? Semeando a discórdia:

Filhos, o semeador da discórdiaBrincadeiras à parte, o momento de ser pais chega para todos. Mulheres, saibam respeitar o medo dos homens. Homens, saibam respeitar a sensibilidade das mulheres. Precisamos entender que somos bichos diferentes e cada um tem seus medos e desejos. E apenas mais um conselho para o casal sem filhos: aproveitem cada momento quando são só vocês dois. E, saibam, que vocês dois vão ainda aproveitar muito depois que tiverem seu Padawan. A vida apenas esta começando, acreditem 🙂

Quadrinho via: Lunarbaboon

26/10/12

Deixe o smartphone na mesa e se pegar pague a conta

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Uma coisa que estou evitando quando encontro amigos é ficar enviando tweets, colocando fotos no Instagram e postando no Facebook. Precisamos separar esse mundo online do offline, pois temos a chance de mais e mais pararmos de interagir com pessoas reais.

Algumas pessoas para largar esse vício fazem a seguinte brincadeira: todos colocam os smartphones na mesa, de um restaurante e um bar, por exemplo, e se alguém pegar para postar algo em qualquer rede social ou atender uma chamada (claro, menos se for da esposa ou do chefe) paga toda a conta. Tratamento de choque? Pode ser, mas acaba também tendo um lado divertido e lúdico nisso.

Esse quadrinho aí embaixo da Doghouse mostra exatamente  isso. Uma geração que perdeu totalmente o contato com pessoas reais. Ok, ok, estamos em um momento de transição e o uso de smarthphones com tantas funções, como as redes sociais,  são recentes e podem desacelerar, mas não quero correr o risco com o meu Padawan de perder o contato com amigos de carne-e-osso. Por isso que eu comecei a dar o exemplo.

Confiram o quadrinho e me digam o que acham disso.

18/10/12

Perínio, maternidade e chiclete

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Comentei nesse post aqui que o Padawan esta grudado com a Fá mais que chiclete quente na sola do tênis. Essa fase, mais conhecida como Complexo de Édipo (nas meninas se chama Complexo de Electra), é normal em qualquer criança. Faz parte do crescimento sexual deles. Então pais e mães, relaxem 🙂

Hoje vi um quadrinho no Lunarbaboon que me fez refletir ainda mais sobre isso. A mãe que carrega o Padawan na barriga, tem seu corpo arruinado (por isso que mães são tigresas) e ainda tem o parto! Só de olhar a Fá ali no hospital sentindo dores quase desmaiei umas quatro vezes.

Não é justo que os Padawans a venerem? Não é justo esse amor que eles sentem pela sua mamãezinha? Confiram esse quadrinho e agradeça a sua mãe, HOJE.

Perínio, maternidade e chiclete

E, por favor, sem discussão de parto normal/cesárea/humanizado e qualquer outro que vão inventar, ok? Apenas curtam o quadrinho 🙂

16/10/12

Trabalho infantil – a diversão que se transforma em trabalho

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

É muito normal sempre associarmos trabalho infantil quando vemos menores trabalhando em fábricas, lojas, nos faróis de trânsito, não? Sim, isso é uma realidade brasileira e ocorre pela má distribuição de renda. As famílias precisam de dinheiro e colocam seus filhos para trabalhar para completar o orçamento familiar. Porém o que eu vou falar aqui é de um outro trabalho que batemos palmas e amamos ver: atores mirins.

Animação Bolt, de 2008, onde mostra a Penny, uma garotinha dona do cachorro Bolt ,onde ambos fazem uma série para a televisão

Eles estão na televisão e no cinema. Hoje no Brasil são centenas deles. O que eu acho disso? Certo e errado. Tudo depende de como essa criança esta fazendo esse trabalho. Ora, não acho que trabalho seja ruim para uma criança, se for bem administrado, não só na questão do tempo como da psicológica. Se a criança faz aquilo e considera como uma diversão, não vejo problemas. Porém se ela faz contra sua vontade, por imposição dos pais, é totalmente errado. A criança precisa se divertir e gostar do que esta fazendo. Claro, sem deixar sua educação de lado!

O que defendo: o trabalho infantil apenas pode existir se a criança tem uma base familiar sólida, financeiramente e emocionalmente, e faça esse trabalho por diversão. No momento que começam a fazer por causa de dinheiro e/ou obrigação, a diversão acaba. E junto com ela a infância.

O que você acha? Deixe nos comentários o que você pensa sobre esse tema.

Conheça o Projeto Pró-Menino da Telefônica e faça parte de uma corrente do bem. Reconheça, questione, descubra e compartilhe informações acerca da realidade do trabalho infantil e adolescente. Acredite, é da nossa conta!

Blogagem Coletiva

12/10/12

Violência Sexual Infantil – Pedofilia: Não feche os olhos para isso

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Esse é um assunto delicado. Porém sempre abordo no blog pois é triste ver como a violência sexual infantil ainda cresce no Brasil. Principalmente a digital.

Tenho um post aqui no blog sobre um anúncio de publicidade que simulam duas crianças fazendo sexo em um banheiro. Essa ação é um horror! Pois bem, o que mais me deixou perplexo em um segundo momento não foi nem essa ação, e sim que é um dos posts com mais visitas do blog oriundas do Google. Isso ocorre pois existem milhares de pesquisas no Google procurando esse tema todo dia:

Violência Sexual Infantil
Tem mais de 400 registros usando esses termos. Triste.

Confiram os Estados que acessaram esse post de  em Setembro de 2012:

  1. São Paulo – 13.413
  2. Rio de Janeiro – 5.088
  3. Minas Gerais – 4.432
  4. Paraná – 2.899
  5. Rio Grande do Sul – 2.569
  6. Bahia – 2.289
  7. Pernambuco – 1.855
  8. Ceara – 1.714
  9. Santa Catarina – 1.581
  10. Goias – 1.374
  11. Distrito Federal – 1.107
  12. Espírito Santo – 1.033
  13. Pará – 740
  14. Paraíba – 613
  15. Amazonas – 557
  16. Mato Grosso do Sul – 554
  17. Alagoas – 551
  18. Mato Grosso – 551
  19. Maranhão – 525
  20. Rio Grande do Norte – 469
  21. Sergipe – 291
  22. Piauí – 256
  23. Rondônia – 240
  24. Tocantins – 194
  25. Acre – 53
  26. Roraima – 40
  27. Amapá – 23

E ainda alguns países:

  1. Portugal – 1.160
  2. EUA – 231
  3. Angola – 85
  4. Japão – 62
  5. França – 50
  6. Reino Unido – 26

Triste, não?

Burson-Marsteller Brasil lança hoje a campanha “Pedofilia: Não feche os olhos para isso”. E fizeram um infográfico com a triste realidade sobre esse tema.

O que precisamos é denunciar essa prática abominável. O silêncio é o maior inimigo das criança que sofrem abuso sexual. O Safernet tem fazendo um incrível trabalho nesse sentido. Se você tem uma denúncia, acesse o site deles e a faça. O seu silêncio pactua com esses bandidos.

10/10/12

Sakamoto, Tufão e o Cravo e a Rosa

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Opinião

Todos conhecem uma Cantiga de Roda chamada O Cravo e a Rosa, certo?

O Cravo brigou com a Rosa / Debaixo de uma bancada / A Cravo saiu ferido / E a Rosa despedaçada

Ou seja, o Cravo meteu a mão na Rosa e ela ficou despedaçada. Podemos enquadrar o Cravo na Lei Maria da Penha? Bem, se existissem esse tal de Cravo e essa tal de Rosa, sim.

Sakamoto, Tufão e o Cravo e a Rosa
Carminha de pochete…

Leonardo Sakamoto tem um blog na UOL. Ele é jornalista e doutor em Ciências Política. Seus textos sempre geram discussões pela falta de coerência. Em seu último texto, Que tal processar Tufão pela Lei Maria da Penha?, Sakamoto repudia uma cena da novela Avenida Brasil onde o Tufão (Murilo Benício), um dos protagonistas, dá dois tapas na vilã, a Carminha (Adriana Esteves).

Ok, ok, não é correto qualquer tipo de violência. Principalmente contra às mulheres. Acredito que a violência não leva a lugar algum. Se o Murilo Benício batesse na Adriana Esteves, certamente medidas legais seriam tomadas. Porém o que o Sakamoto errou, e feio, é que uma novela não passa de uma obra de ficção! E mais: ela tem classificação etária imprópria para menores de 12 anos.

Vamos dar dois passos para trás e analisar qual era a função do teatro:

O teatro, ao representar situações de nossa própria vida – sejam elas engraçadas, trágicas, políticas, sentimentais, etc. – põe o homem a nu, diante de si mesmo e de seu destino. Talvez na instantaneidade e na fugacidade do teatro resida todo o encanto e sua magia: a cada representação, a vida humana é recontada e exaltada. O teatro ensina, o teatro é escola. É uma forma de vida de ficção que ilumina com seus holofotes a vida real, muito além dos palcos e dos camarins *

Uma novela, uma história de ficção, não tem o mesmo papel? No momento que o Tufão bate na Carminha muitos torceram e vibraram. Mas essas mesmas pessoas bateriam em suas parceiras mesmo que elas tenham sido infiéis? Ou, através desse folhetim, aprenderam , como em uma escola, que isso é errado? E ao cantar O Cravo e a Rosa para os seus Padawans, estamos incentivando a violência contra as mulheres?

Deixo com vocês a conclusão desse texto.

09/10/12

Uso de smartphones por pais enquanto cuidam de crianças causa muitos acidentes

> Autor: Jorge Freire > Categoria: Dicas, Opinião

É normal quando vou em parque, na praia ou em algum hotel, ver os pais ao lado dos seus Padawans usando smartphones. Porém acabam esquecendo que a percepção do tempo fica muito diferente. Ao ler um email ou ao curtir foto do seu amigo no Instagram, para aquela pessoa tem a impressão que se passou 20 segundos, quando na verdade, podem ter passados minutos.

Uso de smartphones por pais enquanto cuidam de crianças causa muitos acidentes 01

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostra que acidentes de pais que estão cuidando de crianças abaixo de 05 anos subiu muito! De 2007 até 2010 foi mais de 12% ao ano! Alguns acidentes:

  • Tombo de cadeira ou sofá – 27%
  • Acidente no berço – 30%
  • Parquinho – 16%
  • Piscinas – 35,9%
  • Quase afogamento – 105%

Uso-de-smartphones-por-pais-enquanto-cuidam-de-crianças-causa-muitos-acidentes-02

Ou seja, tem pais, tios e avós que estão AO LADO da criança quando elas estão na piscina, mas ficam de olho na tela do smartphone. Aí o Jovem Padawan, que ainda não tem discernimento para levantar de uma queda dentro de uma piscina, fica lá, quase morrendo afogado quando o seu tutor curti a imagem engraçada do Facebook.

A jornalista da CBN, Cristina de Luca, falou isso ontem, dia 08/10/2012:

Crie uma certa rotina para isso. Quando você esta com o seu Padawan, você esta com o seu Padawan! Não deixe o mundo virtual atrapalhar esse momento. Ao estar com ele, deixe longe seu celular. Não fique atualizado Facebook, Twitter, Instagram, vendo email ou navegando. Recebeu um email importante do seu chefe ou cliente? Chame alguém para ficar com ele e responda. Esta sozinho? Então aí você precisa priorizar: o que é mais importante, seu filho ou seu chefe?

Dica do GordoGeek e via e via