Lembro que toda vez que saia um número novo de uma revista de videogame, a molecada se acotovelava na sala de aula, tentando ver os lançamentos e se tinha uma dica para aquele jogo impossível que a galera estava empacada. Quem não tinha acesso às revistas estava frito, não tinha outro modo de se atualizar. Um ou dois meses sem acompanhar as publicações e você ficava mais perdido que cachorro em dia de mudança.

O Réquiem das Revistas de Video Game

Hoje a internet cumpre esse papel, a troca de informações é quase instantânea e as revistas foram sendo cada vez mais esquecidas. Em 2012 várias publicações especializadas foram encerradas, dentre elas a Official PlayStation Magazine, a PSM3, a Xbox World e a que pegou todo mundo de surpresa: a Nintendo Power, uma das mais tradicionais do ramo que circulou durante 25 anos, também teve sua publicação encerrada.

O Réquiem das Revistas de Video Game 1
Capas da primeira e última edições da Nintendo Power; o número final trouxe uma recriação da capa clássica

No Brasil tivemos diversas publicações voltadas aos games,  e dentre elas a VideoGame (uma das mais antigas), a Ação Games, a SuperGamePower e a Gamers estão entre as mais lembradas. Não que as matérias fossem 100% confiáveis, MUITO LONGE disso, mas numa época em que computador era artigo de luxo… vale lembrar que muitas delas transformaram os “pilotos” da revista em personagens, como o Frango da Ação Games, o Capitão Ninja da Progames/Gamers e o time da SGP, dentre eles a mulher que os leitores transformaram em musa, Marjorie Bros.

Marjorie
Dá pra entender por quê…

Hoje as publicações sobreviventes no Brasil são mais voltadas a consoles específicos, como a Nintendo World e a PlayStation Revista Oficial. Correndo por fora temos a OLD!Gamer, dedicada exclusivamente a retrogames (e notícias absurdas de revistas antigas, hehe) e voltada mais para colecionadores e nostálgicos de carteirinha (Eu! Eu!). Pode ser que a onda de cancelamento das revistas lá fora reflita aqui, mas ainda é cedo para dizer.

Lembrando que para quem quiser conhecer a história das revistas especializadas em videogames do Brasil, o site DataCassete mantém um acervo GIGANTE com quase tudo que já foi publicado por aqui, com PDFs de todas as edições disponíveis escaneadas e enviadas, em sua maioria, pelos entusiastas. :)

Fontes: ArsTechnica, Joystiq, VG24/7, DataCassete, revistas antigas  e o Episódio #09 do Podcast 99Vidas

Tenho a péssima mania de postar sem revisar o texto. Se houver algum erro neste post, selecione-o e pressione Shift + Enter ou Clique aqui para me informar. Obrigado!