Duas semanas atrás, o mundo dos games foi agitado pela revelação não tão bombástica assim (já tava cozinhando há algum tempo) do novo console da Sony, o PlayStation 4. Em conferência realizada em Nova York em 20/02/2013, o CEO da empreza, Kaz Hirai e diversos outros executivos e game designers destrincharam o hardware a apresentaram novos features, serviços e, claro, games.

Logo PS4

Numa apresentação de pouco mais de duas horas, a Sony trouxe diversas novidades e deixou muitas dúvidas no ar, mas a principal (e mais bizarra) foi, claro, o console não foi mostrado, até porque aparentemente nem a Sony sabe como ele será! Apenas foi apresentado o novo controle, o DualShock 4, a câmera e diversos demos de jogos, além de revelar as especificações técnicas dele.

PS4 Especificações tecnicas

Falando um pouquinho das specs, o aparelho é bem parrudo e de fato vai dar a largada na 8ª geração de consoles (pior pra Nintendo, que lançou o WiiU já bem defasado). O que sabemos é que o PS4 contará com:

- processador AMD “Jaguar” de oito núcleos, com arquitetura x86;

- placa de vídeo Radeon de 1,84 teraflops;

- 8GB de RAM DDR5 (YAY multitarefa! Adeus ter que sair de um game para navegar na dashboard);

- drive de Blu-Ray, conexões Ethernet, Wifi, Bluetooth… aqui é igual ao PS3.

O PS4 terá arquitetura x86, igual aos PCs. EXCELENTE, o principal calcanhar de Aquiles da Sony era a dificuldade que as third parties possuíam para desenvolver os games. Com uma similaridade com os computadores, não só desenvolver será mais simples como a fidelidade de ports de games do PC para o console será menos traumática e o melhor, quase sem perdas.

Sobre o controle, ele foi pouco remodelado, e eu já esperava por isso. O DualShock é extremamente característico da Sony, e mantém o mesmo design há quase 15 anos. Entre as smudanças, os botões Select e Start foram pra cucuia. Em seu lugar foi adicionada uma tela de toque similar à traseira do PS Vita, e os novos botões Options e Share. Este último é bem interessante: você poderá compartilhar screenshots e fazer streaming da sua jogatina automagicamente, através de integração com Facebook e, provavelmente, UStream respectivamente.

Controle PS4

Ao pressionar o botão Power, o sistema alterna entre Suspend e Resume de cara. O console conta com um chip secundário que cuidará dos downloads e updates mesmo desligado. E importante: o controle vai carregar no modo StandBy!

Remote Play. Mais uma vez o Vita foi promovido a controle de luxo, mas dessa vez nem reclamo: a ideia da Sony é permitir que todo e qualquer game do PS4 seja jogável no portátil.

REMOTE PLAY PS4

Claro, não vai rodar direto, será via streaming aproveitando os recursos da Gaikai, empresa que a Sony adquiriu recentemente. Indo mais longe, poderíamos jogar inclusive em smartphones e tablets, e eu consigo imaginar isso acontecendo com a linha Xperia.

Outro recurso legal é caso você fique empacado num game, você pode “pedir uma mãozinha” e um amigo seu pode assumir o controle pra você.

AJUDA REMOTA PS4

Bom, agora falemos do prato principal: os games! Diversos demos e tech demos foram mostrados, alguns bem legais, outros mornos, outros decepcionantes… vamos lá:

- Pra começar, o apoio das third parties será pequeno (só que não):

ps4 jogos

- a Quantic Dream (Fahrenheit, Heavy Rain) trouxe um tech demo bem legal. Pelo menos temos certeza que o PS4 é ótimo para renderizar cabeças de velhos flutuantes :) (não resisti):

- o primeiro game é uma nova IP da própria Sony, Knack:

- o próximo é da Guerrilla Games, Killzone: Shadow Fall:

- a Evolution Games apresentou Drive Club (nessa hora todo mundo pensou que Kaz Hirai viriam com um “RIIIIIIIDGE RACEEEEER!” :)

- da Sucker Punch, Infamous: Second Son:

- a Capcom mostrou sua nova engine, Panta Rhei, e sua nova IP, Deep Down:

- Jonathan Blow, criador de Braid, trouxe sua mais nova obra, The Witness:

– a Square-Enix teve a audácia de anunciar que vai anunciar (redundância intencional) um Final Fantasy para o console em breve, e ainda reexibiu o tech demo de sua nova Luminous Engine, o Agni’s Philosophy; vídeo incrível, é verdade, mas ainda assim notícia velha:

– pior fez a Blizzard: ela jogou um balde de água fria em todo mundo que estava empolgada por seu retorno aos consoles após tantos anos, ao anunciar… Diablo III:

– recuperando os ânimos, a Ubisoft confirmou o que todo mundo já esperava: Watch Dogs (que também sairá para PS3):

– e por fim a Bungie, que revela o que foi chamado de “o Halo da Sony”, Destiny:

Nada foi mencionado sobre preço do console ou data de lançamento, mas a Sony pretende colocá-lo no mercado no fim do ano. Agora teremos que aguardar até a E3 quando provavelmente teremos essas informações e conheceremos a cara do PS4. E como a Microsoft também prometeu um grande anúncio na feira (oh, o que será?), resta aguardar.

Eu não sei vocês, mas estou empolgado com o que vem por aí! :)

Tenho a péssima mania de postar sem revisar o texto. Se houver algum erro neste post, selecione-o e pressione Shift + Enter ou Clique aqui para me informar. Obrigado!