Tenho uma categoria aqui no blog chamada Guia Parental e ajuda muitos pais a tomarem a decisão se devem ou não levar seus Padawans para verem certos filmes. Confesso que tenho muito orgulho dessa categoria, pois é só pipocar um filme no cinema que logo aparecem várias mensagens pedindo para que eu faça esse guia.

Antes de mais nada, eu preciso assistir o filme para que depois possa fazer o Guia Parental. A ideia de criar essa categoria é que a Classificação Indicativa dos filmes são simples demais. Por mais que tenham profissionais qualificados por trás, ela é rasa e muitas vezes passa informações incompletas.

Temos 06 (seis) Classificações Indicativas. Na imagem abaixo temos o significado de cada uma delas:

Significado dos símbolos da Classificação Indicativa

Liga da Justiça tem Classificação Indicativa de 12 anos. Ou seja, as cenas podem conter agressão física, consumo de drogas e insinuação sexual. Perceba que as CENAS PODEM CONTER. E aí que entra as informações incompletas que comentei no começo do post. Alias, fiz na Fanpage o Guia Parental de Liga da Justiça.

Quando assisto um filme presto atenção nas explicações da Classificação Indicativa e coloco na real o que os pais podem esperar do filme. Em Logan a Classificação Indicativa foi de 16 anos e dei as seguintes classificações e considerações (você pode lê-las aqui):

  • Sexo e Nudez – 4/10
  • Violência/Tensão – 9/10
  • Palavrões – 2/10
  • Álcool/Drogas/Cigarro – 3/10

Para filmes classificados com 16 anos, devemos esperar conteúdos mais violentos ou com conteúdo sexual mais intenso, com cenas de tortura, suicídio, estupro ou nudez total. Essa é a explicação para a Classificação Indicativa de 16 anos. Ela está correta? Sim, mas como disse está incompleta.

O filme não tem apelo sexual NENHUM. Perceba que deram bastante ênfase para isso na Classificação Indicativa e no filme tem apenas um cena rápida de seios. Por isso acho importante fazer o Guia Parental, pois dou aos pais informações para que eles possam tomar a decisão de levar ou não seus filhos ao cinema.

Ninguém melhor do que os pais para conhecer seus filhos. A classificação não substitui a decisão da família quanto ao acesso a entretenimento, informação ou cultura.

criança assustada assistindo filme

Porém Pequenos Gafanhotos, SEMPRE confiram a Classificação Indicativa. SEMPRE. Se por acaso você quer levar o seu filho ou filha ao cinema, teatro e afins e eles não tem a idade correta pela Classificação Indicativa, converse com amigos, vá assistir antes ou leia meu Guia Parental. Nunca vá às cegas onde a Classificação Indicativa não é a indicada ao seu Padawan.

Finalizando, a Classificação Indicativa não é censura e não substitui a decisão da família. A classificação é um processo democrático, com o direito à escolha garantido e preservado. O Ministério da Justiça não proíbe a transmissão de programas, a apresentação de espetáculos ou a exibição de filmes. Cabe ao Ministério informar sobre as faixas etárias e horárias às quais os programas não se recomendam. É o que estabelece a Constituição Federal, o Estatuto da Criança e do Adolescente e as Portarias do Ministério da Justiça.

E o Ministério da Justiça tem uma cartilha bem bacana sobre isso. Vale a leitura.

Imagens via https://www.shutterstock.com

SalvarSalvar